Vantagens de ser PJ para profissional de TI - Site

Vantagens de ser PJ para profissional de TI

Trabalhar no setor de tecnologia da informação é uma excelente opção para os profissionais que desejam ter flexibilidade no serviço. Mesmo que isso seja apenas uma possibilidade, é importante que você saiba todas as vantagens de ser PJ para profissional de TI.

Muitas pessoas preferem ser pessoas jurídicas ao invés de CLT, mas não sabem por onde começar. Seja prestando serviços para uma empresa ou como autônomo, ser PJ para profissionais de TI traz diversas vantagens.

Hoje, pensando em te ajudar, trouxemos diversas informações que podem te ajudar a se tornar PJ em TI como os documentos necessários, quais as vantagens e os tributos que devem ser pagos. Confira a seguir e entenda:

Como funciona o trabalho de quem é PJ?

Diferente do modelo CLT que é comum dentro do mercado de trabalho que traz consigo alguns benefícios, o modelo de trabalho de uma PJ consiste na abertura de uma empresa e na criação de um modelo de contrato para prestação de serviços.

No modelo PJ o profissional não é um funcionário de uma empresa, e com isso, todos os seus direitos e deveres são distintos. Quem deseja seguir esse modelo de trabalho pode trabalhar tanto em empresas, em um regime diferente, quanto como autônomo, comercializando seus serviços.

Independentemente da escolha, existe muitas questões que precisam ser consideradas para que o modelo de trabalho possa estar em conformidade. No PJ geralmente não existe uma descrição de horários a serem trabalhados ou uma rotina a ser seguida, mas ainda assim existem responsabilidades para gerenciar a própria carreira.

O PJ não possui alguns benefícios como férias remuneradas, licença maternidade, seguro desemprego, 13º salário, vale transporte e alimentação e recolhimento do INSS e FGTS, por exemplo.

É possível também ter que lidar com alguns riscos como a volubilidade, onde a demanda de um mês é grande, mas no mês seguinte, pode ser menor, fazendo com que os ganhos mensais sejam bem variados.

Mas, um dos grandes benefícios em ser PJ é o lucro ser maior do que o regime CLT, já que os tributos e benefícios que normalmente o CLT possui não são descontados.

Levando em consideração que podemos encontrar pontos positivos e negativos nos dois regimes de trabalho, é essencial estudar o que é melhor para a sua situação, e para isso, você também pode contar com a ajuda de um profissional especializado em contabilidade para te orientar.

Como se tornar PJ em TI?

Existem alguns passos que devem ser seguidos para ser PJ como profissional de TI, confira alguns deles a seguir:

Definir o regime tributário

O primeiro passo que deve ser tomado para se tornar PJ em TI é escolher qual regime tributário você vai enquadrar segundo as aplicações existentes.

Os regimes tributários são as leis que estabelecem todos os impostos e tributos que devem ser pagos pelas empresas ao governo. As funções e atividades que um profissional de TI possui não se encaixam no MEI, que é o mais simples para formalizar um tipo de negócio.

Mas, existem outros tipos de regimes para que você consiga definir, tais como:

Simples Nacional

Esse regime oferece alíquotas menores do que outras opções, fazendo com que você possa se tornar PJ em TI. Dessa forma você consegue formalizar a sua empresa sem se preocupar com os impostos altos todos os meses.

As taxas de impostos e tributos são mais simplificadas, fazendo com que a arrecadação de todos os meses seja feita em apenas uma guia. Essa guia precisa estar atualizada sempre. O faturamento anual da empresa para se encaixar no Simples Nacional precisa ser de R$4,8 milhões.

Lucro Presumido

Outro regime tributário que pode ser definido por quem deseja ser PJ em TI é o Lucro Presumido. Essa opção é muito utilizada por profissionais que prestam serviços, mas só pode ser escolhida por empresas que possuam um lucro maior do que 32% do faturamento bruto.

Os impostos cobrados possuem taxas variáveis de acordo com as atividades prestadas, e alguns deles são Imposto de Renda, IPI e ICMS, ISS sobre receita e COFINS e outros.

Lucro Real

Esse modelo de regime tributário é um pouco diferente e mais utilizado por empresas maiores, de grande porte.

Nesse caso, a empresa paga a contribuição social e o imposto de renda conforme a diferença positiva entre os gastos operacionais e a receita da venda dentro de um período determinado.

Quais documentos necessários para ser PJ em TI?

Para que você consiga se tornar PJ em TI é necessário estar atento a toda documentação e questões burocráticas que envolvem esse processo, e por isso, contar com um contador é essencial.

Antes de tudo você vai precisar se inscrever para ter um CNPJ, sua identidade deverá ser apresentada à Receita Federal e vai precisar fazer uma solicitação para se encaixar dentro de algum regime tributário, como os descritos anteriormente.

O contador pode te ajudar também a definir qual o tipo de regime a ser escolhido de acordo com as vantagens para você. Para isso, é preciso apresentar os seguintes documentos:

– RG e CPF;

– IPTU e Comprovante de residência.

Vantagens de ser PJ para profissionais de TI

Agora que falamos sobre tudo o que você precisa saber para abrir uma empresa e se tornar PJ como profissional de TI, vamos entender as maiores vantagens disso:

O lucro é maior

Geralmente todos os pagamentos efetuados pelos clientes que precisam desses serviços são maiores. Além disso, o lucro é maior já que o PJ consegue economizar nos tributos a serem pagos.

Existe negociações

Quando você é contratado por uma empresa para prestar serviços de TI sendo PJ, não possui nenhum tipo de vínculo empregatício com a empresa contratante. Com isso, é possível que haja negociações sobre o valor dos projetos a serem realizados, fazendo com que o contrato seja maior e os benefícios sejam mútuos.

Rotina de trabalho flexível

Quando você é contratado para prestar serviços de TI sendo PJ, você consegue determinar o prazo de trabalho que deverá ser executado levando em consideração as suas atividades. Com isso, você consegue tornar a sua rotina muito mais flexível, podendo atender diversos clientes simultaneamente.

Poder se tornar PJ sendo um profissional de TI traz muitas vantagens, principalmente se o seu objetivo for a longo prazo. Para isso, conte com um profissional qualificado para te ajudar nas questões burocráticas, evitando erros e preocupações.

Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda?
Olá, podemos te ajudar?