Fusão e aquisição de empresas - processos e vantagens

Fusão e aquisição de empresas: processos e vantagens

Muitos negócios tiveram a sobrevivência abalada na pandemia. Foi impactante o fechamento do comércio, uma das formas de adequar as vendas ao isolamento social e evitar a disseminação do COVID-19. Nesse contexto, a fusão e aquisição de empresas têm sido opções para alguns empreendedores.

São meios formais de as organizações se uniram para se tornarem mais fortes e competitivas no mercado, aumentando a chance de expansão e melhores resultados. Quer entender melhor como esses conceitos funcionam e quando se aplicam? Então, continue a sua leitura!

O que é a fusão e aquisição de empresas e quando podem ser feitas?

O processo de fusão se trata da junção de duas ou mais empresas, que unem suas forças para se tornarem uma nova companhia, normalmente com um novo nome. É aplicada nos casos em que se busca economia dos custos de produção, principalmente se existe fusão entre organizações concorrentes.

Além disso, é uma prática que permite a inserção em novos mercados ou o lançamento de produtos que não seriam viáveis caso atuassem como empresas separadas.

Já a aquisição é caracterizada pela compra do controle acionário de uma companhia por outra. Nas situações em que há a aquisição integral do patrimônio da organização adquirida, a empresa compradora assume a gestão total e a companhia obtida deixa de existir. Ou seja, uma empresa compra a outra, ocorrendo a sucessão dos direitos e obrigações.

É uma ação que ocorre como parte da estratégia de desenvolvimento de uma companhia quando ela entende que é mais vantajoso assumir os processos de uma empresa já existente do que crescer por conta própria.

Quais são as principais diferenças entre fusão e aquisição?

No processo de fusão, duas empresas se unem para constituir uma nova empresa, enquanto que, na aquisição, uma empresa adquire o poder acionário e controle produtivo de outra, gerando o desaparecimento legal da organização comprada.

A fusão acontece de forma voluntária pelas empresas que estão envolvidas, já a aquisição pode ser um processo voluntário ou involuntário.

Quais são as vantagens dessa prática?

A fusão e aquisição de empresas podem gerar uma série de vantagens para o negócio. Conheça algumas das principais vantagens a seguir.

Alcance da marca

Pelo fato de ocorrer a união de públicos-alvo, gera uma elevação de abrangência da empresa. Isso vai gerar mais força para o negócio, que conseguirá atingir um número maior de pessoas, levando ao aumento de chances de conversão em vendas.

Diversificação de mercado

Como a junção de duas empresas ou a obtenção do poder acionário de uma companhia por outra, é possível implementar novas ideias capazes de ampliar o horizonte do negócio, gerando uma diversificação maior de mercado.

Exclusão de um potencial concorrente

Quando a fusão ou aquisição acontece entre concorrentes, fica mais fácil agregar vantagens competitivas, onde a empresa compradora terá acesso a novos mercados ou localidades, além de possivelmente enfrentar uma concorrência menor.

Minimização de custos

Como é necessário que ocorra uma reestruturação eficaz para que essas práticas aconteçam, os processos são otimizados, o que pode levar a redução de desperdícios e custos, inclusive pelo fato de uma possível identificação de problemas e inserção de medidas para solucioná-los.

Consequentemente, isso vai gerar o aumento da margem de lucro, aplicação de recursos de forma acertada e o ganho de vantagem competitiva.

Condições de atuação

A busca de empreendedores que buscam fazer parte da fusão ou aquisição de empresas é tornar o negócio muito maior. Com boas perspectivas de mercado, fica mais fácil acertar na atuação. Por exemplo, adquirir empréstimos e financiamentos, conseguindo se livrar de eventuais barreiras que poderiam estar impedindo a captação e aplicação de recursos necessários para o seu crescimento.

Elevação das receitas

Com o aumento da capacidade de mercado, a organização consegue alcançar maiores possibilidades de negócio, o que vai fazer com que o negócio consiga captar muito mais clientes do que quando atuava de forma separada.

Com o aumento dessas vendas, maior o número de receitas e geração de capital para que a empresa continue se desenvolvendo e ocupando um lugar de destaque no ramo de atuação.

Redução dos riscos

Pelo fato do mercado se tornar cada vez mais competitivo, qualquer benefício obtido pelo negócio pode fazer toda a diferença. Levando em conta que a fusão e a aquisição de empresas possibilita a junção de esforços, as empresas se tornam muito mais fortes e sólidas às oscilações que podem ocorrer no ambiente empresarial, ficando mais forte.

Entre os principais fatores para que isso aconteça, está a utilização de todo o conhecimento e vantagens das organizações envolvidas no processo, fazendo com que ela tome decisões cada vez mais assertivas, levando a obtenção de resultados relevantes para que os resultados esperados, objetivos e metas sejam atingidos.

Leia também: Regime de Competência – O que é? Como fazer?

Como uma consultoria contábil é fundamental nesse processo?

Para que as vantagens com a aplicação de fusão e aquisição de empresas sejam atingidas, é importante contar com profissionais especializados para auxiliar e orientar sobre o processo. Contar com uma boa consultoria contábil é fundamental, tendo em vista que por meio dela é possível:

  • fazer uma análise financeira minuciosa e detalhada com o intuito de assegurar que a decisão tomada seja a correta;
  • avaliar as questões tributárias;
  • analisar todos os cenários possíveis, suas oportunidades e riscos;
  • observar quais são as alternativas de financiamento disponíveis;
  • verificar a viabilidade de investimento em novos projetos;
  • planejar, controlar e realizar uma revisão eficaz de due diligence;
  • realizar a avaliação das empresas;
  • criar projeções de desenvolvimento e de rentabilidade.

Conseguiu entender a importância da fusão e aquisição de empresas como medida estratégica para garantir a manutenção e sobrevivência no mercado? Mas, para que isso aconteça, é importante realizar uma avaliação minuciosa e a identificação das chances e riscos que essa prática pode gerar.

Por esse motivo, o recomendável é contar com uma consultoria contábil eficiente, composta por profissionais qualificados e capazes de direcionar os processos de fusão e aquisição de empresas com toda segurança.

Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda?
Olá, podemos te ajudar?