fbpx

Entenda a importância de contratar uma contabilidade consultiva para sua empresa

Reflexo direto da intensa competitividade que marca o mercado empresarial, cada dia mais as empresas se veem obrigadas a entregar resultados ainda mais satisfatórios em sua atuação. Em um cenário em que praticamente não há margem para erros, assim como não há espaço para má gestão e desperdício, sobretudo de recursos financeiros, é imprescindível buscar alternativas para tornar a rotina administrativa do negócio mais eficiente. Esse papel, sem dúvida, é muito bem cumprido pela contabilidade consultiva.

Durante muito tempo, a contabilidade foi vista como um setor burocrático e operacional dentro das empresas. Suas atribuições se limitavam a realizar cálculos, recolher tributos e documentar operações. Contudo, essa realidade mudou: hoje a contabilidade exerce funções estratégicas nas empresas, auxiliando não somente na parte burocrática e legal, mas também na tomada de decisões, ao oferecer suporte informativo sobre as atividades.

Para que entenda melhor a evolução do papel da contabilidade e compreenda o conceito de contabilidade consultiva, preparamos este artigo que aborda o tema. Continue a leitura e confira!

O conceito por trás da contabilidade consultiva

Contabilidade consultiva nada mais é do que o contador assumindo um papel de conselheiro do empresário; ajudando-o na tomada de decisões mais assertivas, com base em números e dados. Em outras palavras, é uma postura mais moderna da contabilidade, em que o profissional da área tem uma relação mais próxima e colaborativa com o cliente, ajudando-o de forma mais profunda e estratégica.

O contador — bacharel em ciências contábeis — é um cientista que se dedica a estudar o funcionamento das empresas sob a ótica econômica e financeira, da mesma forma que um médico estuda o funcionamento do corpo humano.

Ou seja, ninguém melhor do que esse “cientista econômico-financeiro de empresas” para ajudar o empresário a, em um primeiro momento, entender melhor a dinâmica das finanças de sua empresa e, posteriormente, auxiliar na elaboração de um planejamento financeiro, acompanhamento dos indicadores de desempenho do negócio e na tomada de decisões estratégicas.

O papel desse novo modelo de contabilidade

O segmento contábil no Brasil está ficando cada vez mais competitivo, sendo que boa parte das atividades burocráticas do dia a dia estão sendo suprimidas pela tecnologia. A tecnologia consegue dar conta das atividades rotineiras de forma infinitamente mais rápida e precisa do que o ser humano.

No entanto, a contabilidade consultiva é algo muito mais difícil de se automatizar, tendo em vista que requer um vasto conhecimento técnico (tributário, contábil, societário, empresarial, trabalhistas etc.) e sensibilidade humana para buscar as melhores soluções. Além disso, a contabilidade consultiva é fruto do aprimoramento da relação existente entre profissional e cliente, por exemplo, o que depende de um certo estudo, confiança e tempo.

Dessa forma, o contador consultor é aquele que consegue, por meio da tecnologia, suprimir ao máximo o trabalho burocrático do dia a dia, e se envolver no negócio de seus clientes, agregando todo o seu conhecimento para gerar valor para o cliente.

O funcionamento da contabilidade consultiva

Antes de falarmos em contabilidade consultiva, precisamos assegurar que o contador esteja utilizando tecnologia de ponta para eliminar todos os processos manuais do dia a dia, de forma a reduzir ao máximo as atividades que agregam pouco ou nenhum valor ao cliente.

Atualmente, é possível automatizar uma série de atividades contábeis. A exemplo, podemos citar:

  • captura automática de notas fiscais de comércio e serviço;
  • processamento automatizado da escrituração fiscal;
  • envio de guias de recolhimento aos clientes;
  • auditoria de arquivos eletrônicos a serem entregues ao fisco;
  • processamento automatizado da folha de pagamento;
  • integração do sistema financeiro dos clientes com a contabilidade;
  • geração de indicadores financeiros e dashboards para os clientes;
  • controle de certidões negativas para monitorar a regularidade fiscal dos clientes.

Uma vez assegurados esses processos tecnológicos, podemos dizer que a contabilidade consultiva tem como propósito utilizar toda essa base de informações fiscais, trabalhistas e contábeis para analisar os dados e gerar informações relevantes aos clientes, formando uma base sólida para a tomada de decisão.

É neste ponto que entendemos ser crucial o envolvimento do contador no negócio do cliente. A partir do momento que o profissional entende as angústias do empresário, ele consegue avaliar os números e dados de forma a gerar informações relevantes para que o empresário entenda, sob a ótica contábil, a realidade da sua empresa, e consiga tomar melhores decisões.

Por outro lado, o contador “tradicional” — e por “tradicional” queremos dizer “antiquado” — consome todos os seus esforços e tempo para realizar as atividades burocráticas, pouco estratégicas, como:

  • digitação de notas fiscais;
  • impressão e organização de documentos físicos;
  • digitação de lançamentos contábeis etc.

Nenhuma dessas atividades meramente operacionais traz valor para o negócio. Na verdade, esse é o “mal necessário” que precisa ser superado a todo custo no Brasil.

Dessa forma, o contador “tradicional” normalmente não tem tempo de entender o negócio de seus clientes e fornecer informações relevantes na tomada de decisões, já que ele não conseguiu superar o básico de suas atividades do dia a dia e ainda perde muito tempo preso na burocracia.

Leia também: Importância de gerenciar as contas para a gestão financeira da empresa

3 Benefícios oferecidos pela contabilidade consultiva

  1. MELHOR APROVEITAMENTO DA CONTABILIDADE E DO PROFISSIONAL QUE A PRESTA

Os pequenos e médios empresários normalmente não têm condições de contratar consultores empresariais externos e acabam se vendo na solitária missão de gerenciar um negócio por conta própria.

O contador, por sua vez, é um profissional que acompanha tudo o que acontece na empresa e tem total condições de assessorar o empresário nessa difícil missão que é ser empresário no Brasil.

Alguns empresários veem o contador como um “mal necessário”, mas a verdade é que aqueles que enxergam o contador dessa forma é porque nunca experimentaram contratar uma contabilidade consultiva.

Já que é necessário contratar um contador para atender às demandas fiscais, contábeis e trabalhistas da sua empresa, faz muito sentido investir em uma contabilidade consultiva que, além de atender às demandas mais básicas, será uma verdadeira parceira no seu dia a dia.

  1. POSTURA MAIS INOVADORA PARA O NEGÓCIO

A adoção da contabilidade consultiva, hoje, sem dúvida é uma grande oportunidade para que a empresa siga pelo caminho da inovação. À medida que a competitividade aumenta e o mercado se fecha, é necessário inovar, buscar estratégias para otimizar os resultados e entregar ainda mais valor ao cliente. Esse é o papel da contabilidade consultiva.

O fato é que estamos falando de um modelo de contabilidade que está intimamente ligado à tecnologia, à automação e à produtividade. Todos esses atributos fazem total diferença no dia a dia da administração de uma empresa, eliminando riscos financeiros e desperdícios, e assegurando o correto cumprimento das obrigações principais e acessórias.

  1. REDUÇÃO DE CUSTOS

A contabilidade consultiva oferece à empresa/cliente um panorama muito mais eficiente e moderno para visualizar e entender as operações do negócio sob a ótica contábil. A eliminação de processos repetitivos e burocráticos, a automação e o planejamento são práticas altamente benéficas para a redução dos custos.

A partir de análises baseadas em dados e expedientes mais bem estruturados, o profissional da contabilidade tem mais condições de otimizar, por exemplo, a elisão fiscal, reduzindo assim o pagamento de tributos sem prejudicar a regularidade fiscal da empresa.

Além disso, é possível perceber essa redução dos custos com a minimização da ocorrência de erros nos processos, assim como do pagamento indevido de tributos e multas decorrentes.

O que avaliar na hora de contratar uma contabilidade consultiva

O primeiro passo para contratar uma contabilidade consultiva é verificar o nível de tecnologia empregado nos processos contábeis do dia a dia. 

É sempre interessante verificar outras empresas do mesmo segmento que a contabilidade já atende para obter referências do serviço prestado.

Sobre a contabilidade dias

A Contabilidade Dias é altamente focada em aplicar o melhor da tecnologia para melhorar e otimizar os processos operacionais e igualmente dedicada a agregar valor ao cliente. A combinação desses dois fatores resulta em um serviço altamente diferenciado, que agrega valor efetivo ao negócio dos clientes.

Algumas atividades estratégicas fazem parte dos nossos serviços de contabilidade consultiva:

  • relatórios gerenciais personalizados;
  • geração de gráficos e indicadores financeiros;
  • auditoria eletrônica de declarações acessórias;
  • planejamento tributário e societário;
  • disponibilização de documentos eletronicamente em portal web;
  • disponibilização de holerite online para os colaboradores;
  • gestão preventiva de riscos fiscais, trabalhistas e contábeis;
  • envio de informativos personalizados com novidades da legislação.

Agende uma consultoria agora mesmo, ligue (031) 3271-5531 ou chame a gente no Whatsapp clicando aqui.